Sagrados Corações

Ao chegarmos no encerramento do primeiro semestre do ano, a Igreja nos dá a graça de celebrarmos momentos marcantes em nossa caminhada de fé. Santo Antônio, São João Batista, São Pedro e São Paulo, Corpus Christi e o Sagrado Coração e Jesus e Imaculado Coração de Maria.

A mística do Sagrado Coração de Jesus nasceu com o Coração de Jesus aberto na cruz, onde o “soldado abriu o lado de Jesus com uma lança, jorrando sangue e água” (Jo 19,34). Com isto podemos ver que não é uma invenção humana e sim algo que brotou do próprio Corpo de Jesus Cristo.

O santo franciscano São Boaventura de Bagnoreggio foi quem teve a primeira visão do Sagrado Coração de Jesus. Posteriormente a tradição franciscana, compôs a jaculatória usada até hoje: “Doce Coração de Jesus, faz com que eu te ame sempre mais!”

Fonte (Imagem):Mas a devoção ao Sagrado Coração de Jesus também ganhou destaque a partir visão que teve Santa Margarida Maria Alacoque. Numa das visões que ocorreu no dia 4 de outubro de 1686, Jesus Cristo ao aparecer a Santa Margarida, mostrou-lhe São Francisco revestido de uma luz e de um esplendor inefável, elevado em um eminente grau de glória sobre os santos e unido àquela palavra inesquecível: “Eis o Santo mais unido ao meu Coração; toma-o como o teu guia!”

A Solenidade do Sagrado Coração de Jesus é celebrada na Sexta-feira, da semana seguinte de Corpus Christi e ao falarmos do Coração do Filho somos convidados a meditarmos sobre o Coração da Mãe. O Evangelista São Lucas fala do Coração de Maria: “Maria conservava todas estas palavras, meditando-as no seu coração” (Lc 2,19). “Em seguida, desceu com eles a Nazaré e lhes era submisso. Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração” (Lc 2,51).

Muitos foram os santos e santas devotos do Imaculado Coração de Maria, bem como do Coração de Jesus, como São Bernardo, Santa Gertrudes, Santa Brígida, São João Eudes e do franciscano São Bernardino de Sena. O Imaculado Coração é celebrado no sábado seguinte a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus.

Fonte: http://www.ofmscj.com.br/?p=4762